Bastidores

Nova chance

"Junto & Misturado" volta à grade da Globo para especial de cinco episódios

por Anna Bittencourt
TV Press

 

Quando "Junto & Misturado" foi cancelado, em 2011, a sua segunda temporada já estava sendo gravada. Com isso, algumas esquetes foram engavetadas. No entanto, a partir de domingo, 1º de dezembro, o humorístico volta à grade da Globo para um especial de cinco episódios. O cancelamento do programa naquela ocasião foi tão repentino quanto o pedido de voltar a produzi-lo agora. "Como decidiram em cima da hora, acredito que optaram por ele porque já tinham o controle do que seria. Não é como testar um produto novo", avalia Bruno Mazzeo, que, além de atuar, é responsável pela redação final da série. Apesar do tempo que separou o primeiro ano de "Junto & Misturado" de sua continuação, a "cara" do programa continua a mesma. Durante 30 minutos, conversas de grupos de amigos em bar viram esquetes sobre temas atuais, envolvendo economia, política e cotidiano.

Para a nova temporada, o elenco passou por uma reformulação. Gregório Duvivier, Fábio Porchat e Renata Castro Barbosa deixam a formação original. "Os meninos estavam muito ocupados com outros projetos. E a Renata está em 'Amor à Vida'. Na Globo, existe essa política de quem está na novela das nove não pode estar em outra produção", explica Mazzeo. Nos novos episódios, Kiko Mascarenhas, Letícia Isnard, Luís Miranda, Fernanda de Freitas, Augusto Madeira e Rodrigo Pandolfo se juntam a Gabriela Duarte, Fabiula Nascimento, Marcelo Médici, Débora Lamm e Heloísa Périssé, que já tinham rodado cenas para a temporada cancelada. "Desde a primeira temporada, queria ampliar o elenco. Como as esquetes são curtas, existe a necessidade de ter um grande revezamento de atores em cena", argumenta o autor. A maioria dos atores envolvidos no projeto estão em outras produções da casa, como Fernanda e Kiko, em "Tapas & Beijos", e Médici e Fabiula, em "Joia Rara". "As produções ficam sempre em contato para que as gravações não se sobreponham umas às outras", explica Pandolfo, que está em "A Mulher do Prefeito".

Em 2010, "Junto & Misturado" era exibido às sextas-feiras, depois do "Globo Repórter". E agora os cinco programas irão ao ar aos domingos, logo após o "Fantástico". Para Mazzeo, a troca de dia é benéfica. "Pelo menos, vou poder assistir", brinca. Já para Maurício Farias, diretor do humorístico, não existe um horário ideal para este tipo de programa. "Toda vez que aparece um formato que sai do padrão, gera uma discussão se é adequado ou não. Como é uma inovação, para cada horário é um teste diferente", explica Farias, negando que o programa tivesse o humor muito "rebuscado" para as sextas e fugisse do padrão "besteirol" apresentado pela emissora. "É horrível dizer que o humor é de difícil entendimento, como fizeram na primeira temporada. Isso é subestimar o público. Falar que o espectador não entende é chamá-lo de burro", defende Médici.

Com o objetivo de criar um humor diferente, saindo do lugar-comum e abrangendo situações cotidianas com contextos reais, o "Junto & Misturado" volta com a proposta de fugir do politicamente correto e ter maior liberdade para abordar os assuntos. Para Luis Miranda, gostar ou não da "pegada" do programa, cabe ao telespectador. "Não dá para prever a aceitação. Gosto é uma coisa muito particular, cada um tem o seu. Estamos na torcida", resume.

 

 

 

 

 

 

 
Equipe de
profissionais especializados
e com mais de20 anos
de experiência

Conheça quem são os profissionais que produzem as mais instigantes pautas sobre o mundo da televisão, para quem quer ter prazer ao ler.